Pan Étron

Um Blog Só Para Garotos.

A História de Cleuriber

Não leia! A menos que queira morrer. De rir.

Seja Nosso Patrocinador

E veja sua marca crescer.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Será que a Fernanda Brum é calvinista?

Para quem não sabe calvinista são aqueles que seguem a filosofia de João Calvino, ou simplesmente Calvino como é mais conhecido. Essa filosofia ficou conhecida posteriormente como determinismo ou pré-determinismo. Calvino foi um dos grandes nomes da reforma protestante dividindo esta em dois grandes grupos: luteranos e calvinistas. Mas não cabe a mim dar aula de teologia agora não é? (risos)

Calvinismo

O que precisa saber é que, de forma simplista, o determinismo prega que nós não escolhemos servir a Deus, simplesmente fomos escolhidos por ele para isso, que não podemos escolher servi-lo já que estamos presos no pecado e não existe nada de bom em nós que nos faça ter a ciência da escolha por Deus. Desta forma nosso arrependimento, conversão, ou seja lá que nome davam naquela época, acontecia porque Deus já havia escrito que aconteceria. E nada além disso.  Desprezando  a cruz de Cristo.

Isso dá a ideia, que até hoje algumas pessoas acreditam, de que o mundo é dividido em escolhidos de Deus e o resto.

A filosofia Calvinista agregou muita coisa que até hoje são muito conhecidas em outras religiões e que naquela época já existiam, certamente, como: carma e destino.

Não vou debater esse assunto todo, pois tenho assunto o bastante para publicar um artigo (risos); porém gostaria de enfatizar duas coisas:

O determinismo rejeita o livre arbítrio, a libertação que nos foi concedida por Deus de escolher servi-lo ou não. Colocando Deus no lugar de um carrasco enganador que usa os humanos como marionetes para entretenimento particular.

O outro ponto, porém é que por se basear em interpretações isoladas da bíblia, o determinismo pode ser bastante convincente, já que possui muitas verdades bíblicas em sua filosofia, mas não podemos esquecer de que o determinismo, como um todo, simplesmente não é bíblico, mesmo tendo muitos evangélicos seguindo-o. Mas não cabe a mim entrar nesse detalhe agora.

A música 

O fato é que ao ouvir a música "Suas Digitais" da cantora Fernanda Brum, cantora esta que sofreu bastante com o efeito MK, notei que os versos que abrem a música são extremamente calvinistas:
"Sem ter condição de te escolher, cego pelos meus pecados, ouvi tua voz dizendo: Eu vim te buscar e te salvar; então percebi que eu já era seu, bem antes de existir o Senhor me escolheu...".

Nos primeiros segundos da música duas máximas calvinistas são encontradas, a de que não podemos escolher servir a Deus e a de a escolha já estava determinada antes do nascimento.

Bíblico 

O predeterminismo bíblico é aquele que assume que Deus escolheu a todos desde antes de nascer para o adorar. Porém pela misericórdia Dele concedeu a estes o poder de escolher fazer isso ou não.

O que você acha? Esta música realmente tem características calvinistas?  

domingo, 5 de abril de 2015

Confesso que ri bastante ao ouvir meu amigo dizer que estava ouvindo o novo CD da Fernanda Brum, que ele definiu como: uma cantora e já teve uma voz bonita. Rimos, ainda mais, quando respondi que este era o efeito MK.

Mas como fala a sabedoria popular: entre as brincadeiras falam-se muitas verdades.

Já reparou como os cantores da MK, deixaram de cantar músicas belíssimas que valorizavam a voz, e o louvor em si, para cantar músicas características da gravadora, que muitas vezes valoriza demasiadamente as notas altas e um modelo de melodia quase que uníssono?

Não é difícil saber quando uma música foi gravada na MK, não é verdade?

Edição: Eric Eduardo
Logico que isso não é regra e mesmo se fosse sempre existem as exceções, mas quando se fala de cantores de renome nacional, não conheço nenhum que, depois de ter ido para esta gravadora, tenha conseguido mostrar todo o seu talento, tanto na questão da beleza da voz quanto na questão de beleza da música em si (como um todo).

Não se deixe enganar! 

Embora os maiores sucessos, atualmente, sejam gravados nesta empresa, essas músicas alcançaram o sucesso por vários motivos, que são assuntos para outras inúmeras matérias. É possível contar a dedos todas as músicas gospel desta gravadora que realmente são bonitas (que são artísticas antes de serem comerciais).

Ainda duvida que isso seja verdade? Compare Aline Barros, Fernanda Brum e outras, antes e depois da MK; garanto que no mínimo você irá pensar melhor a respeito.

Esse seria o Efeito MK. Pois é isso que ela causa quando contrata um cantor gospel, atualmente, lhe garante muito sucesso, mas lhe tira a beleza musical. O brilho musical.

Sinceramente não sei como faz isso. Não sei se é a grande quantidade de instrumentos, efeitos, falta de liberdade dos artistas (que creio não ser verdade) ou qualquer coisa do tipo; não conheço o modo MK. Só sei em que este modo resulta: o devastador efeito MK.

Cantores, cuidado! Não deixe a MK escurecer o brilho de uma bela voz em troca do brilho das vendas. Não sigam o exemplo dos cantores americanos que trocam seu talento por dinheiro (literalmente). A vossa obrigação é louvar a Deus com o melhor que têm, que as vendas sejam, apenas, consequência como um dia já foram.

Na prática o efeito MK é como um filtro do Instagram, ou seja, esta gravadora tem algumas características que preserva, por Ns motivos, e quanto um cantor e contratado ela aplica essas características sobre suas músicas, o que torna-as mais padronizadas aos gostos desta gravadora.

Isso não faz da MK uma gravadora boa ou ruim. É, apenas, o jeito que ela encontrou para vender (objetivo este que como empresa e aceitável, porém como individuo adorador, não).

Resumo

Na prática acho que o efeito MK é altamente prejudicial à música gospel brasileira, mas muito mais prejudicial é ao talento dos cantores do gospel nacional. Não existe, um só cantor que tenha lançado músicas tão boas quanto as que lançava antes da MK.

domingo, 15 de março de 2015

Sabe aquele ditado que diz que são nos menores frascos que estão os melhores perfumes? Nem sempre ele é verdade, mas será que nesta música ele se aplica?

Estava ouvindo uma rádio por quando pude escutar esta canção gospel pela primeira vez. Gostei muito da voz do Joe, mas principalmente da letra simples e profunda. Não conheço toda a trajetória do cantor, mas nesta canção tanto a voz, quanto arranjo e melodia da música parecem bastante com o estilo do David Quinlan (pra falar a verdade esse estilo não deveria ser atribuído ao David, por ser um estilo muito comum nos EUA, mas como ele é o cantor de maior renome que representa este estilo aqui no Brasil... vale a comparação). A letra é bem pequena, como pede o estilo, mas o conteúdo parece ser bom. Como é uma música bem animada, espero que gostem!

Como tu és - Joe Vasconcelos
Joe Vasconcelos / Edição: Eric Eduardo

Como Tu És

Eu quero ser como Tu és, Senhor
Quero falar tudo que falarias
Quero fazer o que farias em meu lugar
Eu quero viver pra Te agradar
Fui criado pra ser como Tu

Eu quero ser como Tu és, como Tu és
Eu quero ser como Tu és, Jesus

Oh! Oh! Oh!
Viva através de mim

Ouça:



Fonte: www.vagalume.com.br


Instagram do autor

Curta a nossa FanPage! Novidades e promoções em primeira mão.